FLIPBOOK

Categorias:
Já há algum tempo eu venho querendo escrever um post sobre esse autístico brinquedo óptico. Austístico porque não tem uma pessoa que comece a flipar um destes que não fique totalmente absorto na brincadeira. É como se entrasse num mundo próprio, aonde é possível controlar o que se vê.
Também conhecido como folioscopio, o flipbook nada mais é do que uma sequência de imagens que flipadas rapidamente criam a ilusão do moviemento. É usado desde 1882 (primeira patente) como uma poderosa ferramenta de marketing. Nos USA foi muito comum até o inicio do sec XX ter um flipbook anexado à produtos como cereais, cigarros e automóveis.
Hoje existem festivais próprios, sites para criação de flips digitais e muitos vídeos e animações que usam o brinquedo como objeto de narrativa. Eu mesma já usei um no "Como fazer um filme na pós-modernidade"
Agora lá vai uma enchorrada de informações! Espero que gostem.

Historia do flip com um monte de videos deles sendo devidamente flipados!
http://www.flipbook.info/index_en.php

Flip digital da Bennetton

Editora Projeto A editora gaúcha tem uma série de flips criados só pelos bacanas como Otto Guerra, Verissimo, Allan Sieber, Adão Iturrusgarai, Guto Lacaz e pelo meu mais novo amigo gaúchesco, Rodrigo John.

The Black Dog's Progress, um video construido com um monte de flips:



Como fazer um filme na pós-modernidade (fazendo meu comercial... =D)



E por fim um filme bacana que foi indicado pelo No Fat Clips! que se chama Adjustment. O filme é de Ian Mackinnon. Eu gostaria de postar o video aqui direto, mas não há como. Então posto esse fragmento pra dar um gostinho da narrativa. Pra ver o trabalho na íntegra é só clicar no link acima.



É isso. Vamos flipando pelo mundo! ae!
=D

Versão animada de O Coração Denunciador, de Edgar Alan Poe

Categorias: , ,
A animação citada no título tem mais uma grata particularidade. É uma produção UPA.
O curta sombrio de 1953 tem narração de James Mason e é o primeiro cartoon x-rated (adults only).
Eu achei esses exemplo muito pertinente para o momento, já que está acontecendo em todo o país as oficinas para a participação no AnimaTv. Projeto do ministério da cultura, que pretende fomentar uma produção industrial de animação em série, aqui, no meu Brasil Varonil.
É a UPA é um exemplo espetacular para uma produção de qualidade que usa da concisão de elementos e uma narrativa bem construída.
E tudo fica muito mais pertinente se for levado em conta que a animação deste post é um texto de Poe. Que eu posso garantir, não é fácil de decupar. Passei por isso com o Gato Preto...
Então, me perdoem a pressa e ausencia, e aproveitem esse bom exemplo.
=D





The moment

Categorias: ,
Um amigo me passou o link do site desta animação, que achei fantástica!


O link é esse, com boa parte do processo da animação e um link pra baixar em melhor qualidade
http://stud.animationsinstitut.de/momentftp/index.html

Não sei se é o tom surreal que a coisa vai tomando, aquele cavalo no final, a trilha, ou melhor a mistura de tudo, dá uma sensação de mistério e intriga, sei lá... só sei que deu vontade de assistir mais vezes =P

Engraçado que antes do vídeo o site apresenta todo um processo de produção, com storyboards e concepts... a primeira coisa que pensei é: o que esse cavalo com esse estilo todo diferente está fazendo aí no meio? como vão fazer pra casar isso com o resto do estilo? e a idéia era meio o contrário, gerar um contraste mesmo. Pelos concepts parece que eles usaram o material só como um primeiro estudo, tudo foi experimentado e alterado durante o processo de modelagem mesmo... e ficou ótimo =)

Apesar que não recomendaria fazer como eles fizeram... vai depender muito se o diretor, ou diretor de arte, ou animador têm uma visão bem clara de onde querem chegar e se a equipe fosse meio grandinha deveria ficar ainda mais complicado fazer tudo funcionar... mas vai que você tem uma idéia clara, uma equipe coesa, um curta pequeno e um pouco de sorte né? sei lá

Abraços animados
até mais =)

Penguim paper toy!

Categorias: , , , ,













Eu lhes apresento meu primeiro paper toy! mentira... é o segundo. Mas o primeiro ainda precisa de colocar as linhas certas nos lugares certos. E ele é bem mais complexo que esse chuchuzinho de pinguim!
A intensão nesse projeto era que ficasse fácil de montar e charmosinho!
Até porque, se for muito dificil, só sendo personagem de anime ou guerra nas estrelas merece a atenção da galera. Senão, ninguem dá bola.
Bom, pra ninguém dizer que vim só fazer meu comercial, lá vai uma animação... Um clipe aonde o pinguim é o violonista (ou seria aquilo uma guitarrinha havaiana?). A banda se chama One Eskimo e a animação é de Matt Latchford e Lucy Sullivan. O trabalho teve o prêmio de escolha do publico para clip animado no British Animation Awards.
Divirtam-se! E pra baixar a planificação do Penguintoy clique AQUI!



THE RABBIT - Por Matheus de Souza

Categorias: , , , , , , ,
Rabbit - No Egito antigo o coelho simbolizava o nascimento e a nova vida



Ganhador de vários prêmios desde o seu lançamento em 2005, Rabbit – o curta-animado de Run Wrake trata de um tema recorrente na vida da humanidade: Pactos com o Demônio. A palavra Demônio - do grego daïmon - significa gênio, inteligência, aplicada a seres incorpóreos, que estariam colocados entre o princípio divino e os mortais, servindo de intermédio entre eles, e nada tem a ver com a conotação adquirida nos dias de hoje, que a co-relaciona à origem de todo o mal presente na Terra. E é fazendo uso da terminologia grega que Wrake nos presenteia um curta arrebatador.

John Milton - poeta inglês (1608 – 1674) -, afirma em O Paraíso Perdido, um dos poemas épicos mais importantes da literatura mundial, que Deus criou Adão para que este pudesse em seu lugar substantivar a natureza à sua volta. E assim Adão o fez, nomeando pedra, flor e espinho. Inocente, em comum linguagem a Deus, abriu mão de todo e qualquer juízo de valor, de adjetivações, de maneira que uma flor nunca seria frágil ou bela. Adão, equivalente a Adan, seria um anagrama para o substantivo Nada. Nada será Adão além da linguagem proposta por Deus. Foi a partir do momento em que Eva comeu a maçã – desperta pela serpente, pelo demônio absorto dentro da serpente -, que “Bem e Mal” passaram a co-existir com a linguagem de Adão, e a flor passou a ser frágil e bela. Era Adão adjetivando a natureza à sua volta, distanciando-se da linguagem de Deus ao criar valores e signos próprios. O Paraíso estaria para o todo e sempre perdido.

Rabbit parece seguir a mesma linha de raciocínio, pois, durante a sua exibição, os objetos em cena são todos substantivados, seguindo a proposta feita por Deus a Adão, até a chegada do Demônio, liberto por seu casal de pupilos, personagens que lembram figurinhas autocolantes dos anos 1950. De apetite voraz, “Ídolo”, deste modo denominado, tem o poder de alterar a natureza à sua volta, em analogia à perdição de Adão, e desse jeito o faz, transformando vespas em jóias e por este prisma oferta aos pupilos a possibilidade de tornarem-se rei e rainha.

Diferente de em O Paraíso Perdido, em Rabbit, apesar da substantivação adequada aos objetos, nunca houve inocência. Talvez pelo fato dela ter sido antes perdida. Adão e Eva que o digam. Assim, Ídolo, não induz os pupilos a nenhum tipo de comportamento e sim, faz uso da personalidade dos mesmos, do desejo de morte dos mesmos, do poder que lhes sobem a cabeça.

Fazendo uso do ditame popular Tudo o que sobe um dia desce, em Rabbit não é diferente, e não demora Ídolo cobra a sua parte.
Deixa eu brincar de ser feliz. Deixa eu brincar com o meu nariz. Todo carnaval tem seu fim.


Matheus é um roteirista e me indicou essa belezura de animação. Ele é um moço muito inteligente, dai eu o convidei a fazer a crítica. Valeu Matheus.
É isso.

A Really Really Brief History Of Donkey Kong e outras coisinhas mais...

Categorias:
Temos aqui uma animação de um moço fã da nintendo, quadrinista, artista de conceitos e storyboards de séries como Padrinhhos Mágicos, O Laboratório de Dexter, Brandy e Sr. Bigodes, Mucha Luche... além de ser um dos diretores/escritores/idealizadores de El Tigre. Gabe Swarr, um nerd legal! =D
Um ponto muito positivo desse moço e desse post é o animatic do curta do título. Porque sendo um artista sério como ele é, Gabe sempre posta o animatic, o processo, storyboard, conceitos e um monte de ilustrações bacanas no blog dele. Que está aqui!

Divirtam-se com o curta do título, seu animatic, além de outro curta videogam'istico, What the shell? (piadinha com o Mário... não pergunta qual q eu respondo!)
=D







ah! e o channel frederator, que parece ser um braço na rede do Comedy Central (canal pago estadounidense), tá fazendo um concurso que vai dar uma Cintiq. ae!
Interessados visitem a pagina www.channelfrederator.com.
Eu me lembrei disso porque sendo Gabe Swarr funcionario da Cartoon ou coisa parecida ele tem um video divulgando o concurso desenhando na tão desejada Cintiq.
é isso!

Clouds

Categorias: , , ,
Esse é um trabalho de Sam Miller, um aluno da Universidade Hertfordshire, na Inglaterra. Um trabalho de segundo ano ainda.
O curta conta a história de uma garotinha que 'viaaaja'... numa tarde ensolarada...
Um trabalho leve com conceito interessante, e bom de ver.
Enjoy


A Pulga

Categorias:
A Pulga é um trabalho meu, ainda incompleto (é só um trailer), que pretendo terminar. Vai ser um ótimo exercício pra me aprimorar em 2d. Na verdade, foi meu primeiro trabalho em 2d. Eu olho hoje e quero arrumar umas coisinhas, mas no geral, gosto muito do que fiz.
É baseado na música de mesmo nome do Vinicius de Moraes, cantanda pela Bebel.
E eu to postando ela aqui pra pedir seu voto, porque fui convidada pra inscreve-la no concurso do aniboom.
Vota vota vota!
ae!



Watch more cool animation and creative cartoons at aniBoom

O Vazio Agudo também tá... mas não vou postá-lo de novo não.
Mas vota nele também. Vota! É só clicar no nome.
É isso.

Prenudos?

Categorias: , ,
sim! É meu querido amigo Daaaaniel Pinheeeiro Liiimaaa!
Dan é professor da Casa de Quadrinhos em Bh, pai do Oswaldo Augusto, mestrando na UFMG e é, também, um animador muito comprometido (pra não dizer ranzinza!). ae! O moço é muito competente.
E hoje eu vou postar os vídeos dele que estão concorrendo no AnimaBoom, Snakes Can Fly e Pirates (Votem!). Este último participou da competitiva no AnimaMundi 2007 e vai estar na mostra AnimaMundi em BH de novo.
Um ponto muito bacana de se ressaltar é que Daniel é um ferrenho defensor de software livre. Portanto, nos trabalhos abaixo, nenhum programa foi pirateado, nem comprado. Tudo free!
Inclusive, atualmente o Sr. Daniel, junto de seus comparsas, estão trabalhando um novo projeto chamado The Detail Library, e toda a produção pode ser acompanhada pelo blog. Como Daniel já me disse, dessa vez eles estão fazendo tudo direitinho! Etapa por etapa. E isso é muito bom. E melhor ainda quando divulgam o processo. A gente pode aprender muito com isso.
E é isso ai!



Watch more cool animation and creative cartoons at aniBoom




Watch more cool animation and creative cartoons at aniBoom


ps.: já encomendei um texto do moço pra postar aqui sobre software livre.

Michel Ocelot

Categorias: , , , , , , ,
Michel Ocelot é um típico cara que gosta de contar histórias. Bom, não qualquer história...Contos de fada mesmo.
E há sempre muita diversidade cultural nas histórias dele. Muitas se passam no oriente ou na África. Acho que isso se explica facilmente se voltarmos no tempo em que esse francês, hoje com 65 anos, era apenas um garotinho pueril, como diz meu pai. Ocelot cresceu entre lendas tribais no Oeste da África e contos medievais no condado de Anjou na França. Dá pra recolher muito material com essa experiência de vida.
Meu primeiro contato com a obra dele não foi uma experiência muito boa... Eu assisti Azur e Asmar, longa em 3d que se conta a história de dois meninos, um loirissimo e um moreno que são criados pela mesma mulher que os embala com contos sobre a Fada dos Djins. Eu confesso que não vi tudo... foi mal gente. foi mal monsieur Ocelot... mas tava muito lento. E apesar dos planos serem lindos (cheio de padrões marroquinos! maravilhoso), o visual não me agradou... Juro que vou tentar de novo.
Bom mas nem tudo estava perdido. Descobri que Michel Ocelot tinha produzido a maior parte de sua obra numa técnica muito bacana e muito antiga... Animação de sombra! Profundamente inspiradas no mestre Lotte Reiniger. E descobri assistindo à Principes e Princesas. São 8 episódios de 12 minutos, cada um com um conto de fadas. Esse projeto foi feito pra tv e depois foi vendido como uma compilação com 6 desses episódios.
O meu predileto é o último. Um principe e sua amada princesas que passam por uns probleminhas de transformação. Eu vou postar pra vocês verem. E só vai entender quem estiver estudando francês ou turco... Foi mal gente. Vasculhei tudo. Então, quando achar pelo menos com legenda em ingles eu posto no youtube pra vocês verem.



Isso me permite um aparte. Ocelot produziu longas, curtas, séries de tv e vídeo clips. Aliás, vídeo-clip. Pra Bjork. Ta ai ó! Earth Intruders



Agora Kiriku e a Feiticeira, outro filme dele muito lindinho sobre um garotinho numa tribo africana, e Azul e Asmar...trailers em espanhol. Acho que ambos estão inteiro, fatiados, no youtube. Mas eu recomendo assistir em melhor qualidade.





E para um clara idéia de quando digo 'profundamente inspirado", Lotte Reininger. E colorido. Mary's Birthday mescla sombras e recorte colorido. Num futuro próximo, post sobre ele.

Corrida Maluca! Paper Toys, model sheets e curiosidades

Categorias: , , , , , ,
pera ai... um momentinho pra eu aqui ficar saudosista...
ae!
=D

Dos desenhos da Hanna-Barbera, sem dúvida esse é o mais rico de todos. Também, pudera! Tem 24 personagens que se alternam em importância dependendo do episódio. E, claro, existe um personagem que se destaca sempre, nosso querido e amado Dick Vigarista.
Que aliás nunca, nunquinha, ganhou uma corrida! Na única vez em que cruzou a linha de chegada foi desclassificado por, adivinhem... trapacear! Dick nunca nos decepciona.
=D
A série produzida de 1968 a 1970, foi inspirada no longa-metragem, A Corrida do Século (The Great Race, 1965). Inclusive muitos dos personagens foram livremente inspirados nos personagens desse filme (Isso foi o que eu descobri pesquisando. Infelizmente não vi o filme). Neste periodo foram criados 17 episódios, sendo que cada um tinha 2 corridas. Portanto foram 34 corridas. Quer um pouco de cultura inutil pra mesa do boteco? Lá vai então as vitórias...

  • Dick Vigarista: Nenhuma. Ele chega a vencer a corrida da Cidade Fantasma mas é desclassificado pelos juízes por ter feito trapaça na chegada!
  • Irmãos Rocha: 3 (Idaho, Baja-Ha-Ha e A toda Velocidade).
  • Coupé Assombrado: 3 (Wyoming, Road Island e Racine Carlsbad).
  • Professor Aéreo: 3 (Missouri, Texas e Uni-duni-tê).
  • Barão Vermelho (Max Vermelho): 3 (Arkansas, Altos e Baixos e pólo Norte).
  • Penélope Charmosa: 4 (Cidade Fantasma, Alabama, Pensilvânia e Carlsbad).
  • Carro Tanque: 3 (Gorila, Chillicothe e Idaho 2).
  • Quadrilha de Morte: 4 (Virgínia, Dakota, Raleigh e Hackensack).
  • Carroça a Vapor: 4 (Yellow Rock, Pântano, Dellaware e Hollywood).
  • Turbo Terrífico: 4 (Mississipi, Washington, Deserto e Flórida).
  • Serromóvel: 3 (Bem no Coração, Estrada Não Era Essa e Vale Tudo).
Outras curiosidades: a série foi transmitida por todos os canais de tv aberta (em períodos diferentes, claro), foram produzidos 2 longas e outras séries partiram dessa idéia, com os personagens mais famosos como "Os apuros de Penelope Charmosa", e a séries com Dicky Vigarista e Muttley
Bom, agora vem as coisinhas que vão deixar esse post realmente gigante.
Não poderiam faltar epísodios! Então lá vai 3 episódios aleatórios.

Arkansas


O Grande Prêmio de Washington


Destino à Cidade Fantasma




Os carros numa corrida real...


Já se divertiram? Agora ao trabalho...
Model Sheet de alguns personagens AQUI!

E os já citados paper toys!




































Todos os 11 carros!!!

Nesse link estão disponiveis pdf's e instruções de cada modelo. É só clicar na imagem

E eu fecho com as palavras de Dick Vigarista:
"Vou ganhar essa corrida honestamente nem que eu tenha que fazer uma trapaça!"

As fontes foram Wiiiikiiii!, Infantv
e o meu predileto que deve ser visitado sempre sempre animationmeat.com

One Dozen Monkeys - They mingt be giants

Categorias: , , , , , , ,















Antes de mais nada, não tem nada haver com Terry Gillian! =D
O animador dessa delícia de animação é Pascoal Campion. O carinha tem um trabalho incrível , todo documentadinho em seu site e também no blog, que é bastante atualizado. Altamente recomendado que você faça uma visita. Suas animações são bem econômicas e tudo em flash. Me lembra bem minha querida UPA...
A música é de They might be giant, do album Here Comes the 123's. Album lançado pela Disney Records. É legal lembrar que o TMBG é uma banda, formada por 2 joãos, (não podia perder a chance de colocar isso né?) que fica bastante a vontade no mundo televisivo, inclusive o animado, já tendo composto musicas pra Os Oblogs, Clube do Mickey, Laboratorio de Dexter e Coragem.
Bom, em suma, foram duas coisas boas juntas: a boa animação e a música fofa!
Enjoy.

Assista aqui em flash!

Dica do superlegal No Fat Clips!

Paper toy do Marvin, o marciano.

Categorias: , , , , , ,















oi!
Esse paper toy é muito bacana. E eu o achei sem querer enquanto fazia uma pesquisa pra um paper toy que eu vou fazer d mim mesminha! ae!
=D
Mas isso é história pra outra hora... Agora falaremos desse marciano, que tenho certeza, todo mundo se lembra! Marvin foi criado em 1948 para ser o oposto do Pernalonga, quieto, de fala mansa, mas, ainda sim, incrivelmente destrutivo e genuinamente perigoso! Mas ainda sim ele é fofo...
E ele é tão carismatico que já apareceu em South Park e Simpson (se bem que Simpsons não é referencia, né? Todo mundo aparece nos Simpsons...).
Pra não ficar só com o gostinho vai ai um episodio muito bacana do nosso querido marcianinho.



E aproveitem o toy! Marvin, instruções e braço alternativo com arma ultra "disintegration pistol! (exatamente a arma que está no episódio)

é isso.

Dica do Creative Close up

Russos! Konstantin Bronzit ...

Categorias: , , , , ,
...ou Константин Бронзит , se seu russo estiver afinado!
Eu estava displicentemente pesquisando animações e achei as russas. A Rússia tem uma produção incrível em animação. Dai, depois de assistir algumas, cheguei à Konstantin Bronzit (ou o contrário... Bronzit Konstantin... ta russo!)
Esse moço dirigiu um monte de boas animações, entre elas uma da minhas favoritas, At The End of the Earth. Infelizmente, não achei, ainda, mais informação sobre ele além dessa database russa. Me parece que ele trabalhou na Pilot, um estúdio russo, bacana pra dedeus. (É possivel que seja meu próximo tópico... ). Mas, enfim, achei um monte de filmes do carinha! Então chega de lenga-lenga e vamos ao que interessa.
Divirtam-se!

At the End of the Earth (1998)


The God (2003)



Lavatory Lovestory (2006)



Die Hard (1997)



Switchcraft (1995)



Fare Well (1993)



Tuk-tuk (1993)


ae!

Paul Driessen

Categorias:
O holandês aqui do título nasceu em 1940 e começou, como um monte de gente, fazendo publicidade ainda na Holanda. Acho legal aqui, abrir um parentesis, para falar sobre como era a animação pra publicidade nessa época. Tudo decidido pelo animador e aprovado na mesma hora.
Depois trabalhou no longa beatlesiano, Yellow Submarine, em 1968.
Mudou-se para o Canadá e tornou-se um membro da National Film Board em 1972.
Desde o inicio de sua carreira produziu 25 curtas e participou de 2 longas. 3 misses foi indicado ao Oscar em 1998 e esse é um dos que você pode ver agora... se quiser né? a gente aqui não obriga ninguém... =D



Para assistir a outros filmes de Driessen basta fazer uma busca rápida no youtube.
Divirtam-se.

ANIMARÁ NEWS - Retrospectiva - 19 e 20/09

Categorias:












Enfim, estamos chegando ao fim.Vou reunir os últimos acontecimentos num post só, já q o sábado foi só premiação e eu já divulguei todos os premiados.
Sexta-feira não houve mostra, somente a última mesa redonda, que contou com a presença de Andrés Lieban, da 2DLab, Quiá Rodrigues, Animania (gracinha, gente!) e os não tão queridos assim, meninos da Batalha: Guerra do Vinil (meleca... gosto deles já...). =D
Bom, começando pelo Andrés, esse é o cara mais empreendedor que conheci nesse mercado de animação. Hoje seu estúdio tem no curriculo uma série de curtas, clips animados e alguns ótimas produções em série.
Ele contou do caso Amigãozão. Um curta lindo de viver que já está sendo virado em série. Parece estranho essa frase, mas é que justamente agora, lá no Canadá, ela está em processo de pré-produção. O projeto vai ter produção brasileira e, pré e pós-produções, canadense.
Serão 52 capítulos de 11' com prazo de produção de 2 anos. Ou seja, possívelmente a 2DLab vai precisar de mão de obra. Vamo estudar minh'gente!
André explicou sobre o processo de se internacionalizar que começou com a participação em feiras internacionais, durante 2 ou 3 anos até conseguir essa parceria canadense.
Mostrou também um pouco dos conceitos e explicou o perfil psicologico de cada personagem. São 6 personagens. 3 crianças que não se adaptam muito bem por questões psicologicas (um é egoísta, outro imperativo e uma menina mandona) e seus respectivos amigos imaginários, um elefante, um canguro e uma girafa fofa.
Visitando o site vocês verão que são muitos os projetos de série do estúdio e um destes projetos, um mais recente, foi apresentado também durante a palestra. Eram histórias curtas, 1', que aconteciam dentro do quarto do protagonista. E a ação acontece sempre entre esse garoto e seu sapo. O que eu posso dizer é que, como sempre, os videos tem um ótimo senso de humor e são muito bem feitos. Não acredita? Então assiste!
=D






E eu altamente recomendo Soda Sexo, Sinal, Bonjour e A casa... ah!Enfim... recomendo todos. E todos no site dos caras.

Continuando, tivemos também a gracinha que é o Quiá, que é o há! ae!
Ele falou sobre o Animania que é um sucesso. Passa na TV Brasil todos santo dia, às 19 hs (uma retrospectiva especial porque o programa vai mudar de formato e de horário). E no programa sempre um animador falando de seu processo, mostrando trabalhos e dando dicas. O programa é do balacobaco. E até eu dei entrevista pra ele. Meudeus! to ficando importante!
No programa dessa semana vai ser uma homenagem à Anélio Lattini Filho, animador brasileiro responsável (sozinho!) pelo primeiro longa em animação da história do Brasil, Sinfônia Amazônica! Eu recomendo: VEJAM! TV Brasil. Só que sábado às 17 hs.

Pra fechar, é nóis, tá ligado?! Guerra do Vinil!
=D
Os evangelistas falaram das agruras que passaram durante a produção. 3 anos e meio produzindo na raça e um monte de gente fazendo um monte de promessas, claro que nenhuma cumprida. E foda. Mas eles venceram. E acho muito bacana falar que os evangelistas, que na produção trabalharam com a Terpins Greco (do Rafa e do Daniel), agora têm sua própria produtora. A Brainstorm. Sucesso meninos!

Isso tudo foi sexta. Sábado, frango com quiabo no sítio, cachacinha e sushi! Isso é que é diversidade cultural!
A noite premiado. Só pra lembrar a lista é:

melhor animação estrangeira: Le Manteau, de Orlanda Laforest, frança, 8'
melhor animação nacional: Rua das Tulipas, de Alê camargo, 10'12''
melhor roteiro nacional: Os 3 Porquinhos, de Cláudio Roberto, 4'
melhor direção: Calango Lengo, de Fernando Miller, 9'45''
melhor animação mineira: Terra, de Sávio Leite, 5'
prêmio especial: A Garota, Fernando Pinheiro, 4'
melhor curta escola animada: Boi Preferido, Marcelo Bicalho (me desculpem. eu não tenho certeza se é esse o nome do curta)
melhor professor escola animada: Ricardo Poeira

Parabéns a todos.

Algumas coisas a serem ditas sobre o festival foi que durante todos os dias houveram sessões para as crianças das escolas de Sabará e Belo Horizonte. Nos últimos dias chegaram a acontecer 4 ou 5 sessões por dia. Duas pela manhã e 3 à tarde. E quem aguentou firrrme lá foram André, o maquiavélico, Clécio e Vâninha. Vocês arrasam.

E é isso. Até o próximo Animará!

Ah! Quase me esqueci. Deixo aqui o arquivo pra imprimir o flipbook e o taumatropo.
Eu recomendo 3 folhas pro flip (repetindo 3 imagens por frame). E é sempre bom lembrar que esse ciclo foi criado pelo Daniel Lima (valeu de novo, chu!).






ANIMARÁ NEWS - Retrospectiva - 18/09

Categorias:










A quinta foi um dia importante pros mineiros.
A mesa redonda foi específica para a produção do estado. Presentes estavam o professor do curso de animação da Escola de Belas Artes da UFMG, Antônio Fialho, Cláudio Constantino, presidente do Curta Minas, associação que se destina à coleta e manutenção de acervo em curta-metragens, além de promover o diálogo entre curtametragistas. E por último, mas não menos importante, Sérgio Vilaça, do CRAV, Centro de Referência Audiovisual da secretaria de municipal de cultura.
O papo foi entorno de produção, organização dos produtores e animadores enquanto classe e também (e muito) sobre o novo curso da federal.
Pra quem não tá sabendo eu explico. A Universidade Federal de Minas Gerais tem, já há alguns anos, a opção no curso de belas artes para cinema de animação. O carinha fazia belas e no meio escolhia animação. Agora terá um curso só pra cinema de animação. São 40 vagas, 4 anos, noturno.
E a curiosidade geral é exatamente sobre a grade desse curso. E o que o Toninho, o idealizador da mudança, explicou é que agora tudo terá mais tempo pra ser trabalhado. Por exemplo, ele falou sobre Principios da animação e personagem, que antes era dado em um semestre agora terá, cada um, um semestre. As técnicas também terão um semestre cada (não tenho certeza...). E o curso terá a opção para mídias digitais. O que direcionará para games, novas mídias e essas coisinhas tecnológicas.
Faz tempo que eu estou querendo ver essa grade, mas Toninho disse que ainda estão ajustando umas coisinhas. Assim que tiver, eu divulgo aqui.
Sobre a discussão sobre a produção mineira eu discordei de algumas coisas, e acho que muitas outras devem mudar.
Eu sou uma entusista! Acredito mesmo que dá pra produzir. Onde não há demanda, a gente pode cria-la. E ferramentas pra produção nós temos todas! Bons profissionais, boas idéias, conhecimento, referências, público... i believe!
=D
Quem me conhece sabe que eu sou bem mais entusiasmada do que to me mostrando (to me segurando aqui... já reescrevi essa parte 4x... =D)

Partindo pra mostra, eu fiquei um tanto perdida naquela multidão de crianças e seus gritos insuportáveis (eu gosto de criança. mas não 400 delas gritando!).
Então... foi a mostra da escola animada. Os animadores do projeto apresentaram seus vídeos resultados das oficinas. O meu já ta aqui, uns posts atrás...
Eu penso que foi um tanto frustrante para os alunos das oficinas. Porque é um prazer imenso ver seu trabalho na tela de cinema! E essa experiência foi diminuída pela bagunça que foi a sessão. Acho que eles merecem uma sessão só deles, pra compensar o que não foi... fica aqui a sugestão.
Eu não tenho os vídeos, mas prometo que vou providencia-los.
Acho importante divulgar que a casa de animação premiou o melhor curta da oficina e o melhor professor, sendo respectivamente o video de Bicalho e Ricardo Poeira. ae! Vocês ahasam! =D
É isso gente.

ANIMARÁ NEWS - Retrospectiva - 17/09

Categorias:











Quarta!
Dia de projetos sociais e também da mineirada!
Na mesa redonda dessa noite as presenças foram Silvino Fernandes da Casa de Animação de Sabará, Cleber Camargo diretor do festival Pedra que Brilha da cidade de Itabira, César Piva da Fábrica do Futuro e o diretor chileno Tomás Wells.












(foto de Cláudia Lima)


Tomás que tem um trabalho muito fluido de animação abstrata, na verdade não falou sobre projetos e sim sobre a percepção da necessidade deles na américa latina.
Silvino, idealizador do Animará e também da Casa de Animação, leva um projeto de oficinas em animação (o gato preto saiu de uma que dessas) à bairros periféricos de Sabará e de outras cidades. O projeto tende em abranger jovens na faixa de 14 a 18 anos e apresenta à esses novos animadores técnicas e formas de se contar histórias.
Já em Betim Cleber Camargo possui um projeto aonde leva o cinema à periferia. Ele contou de forma, um tanto emocionada, relatos de situações onde pode perceber a mudança no comportamento das pessoas, quanto a civilidade e o sentimento de integração da comunidade.
César Piva, do projetão Fábrica do Futuro, falou pra dedeu. E não era pra menos. A Fábrica é um projeto gigante, que integra jovens, comunidade, profissionais e investidores todos com a mesma responsabilidade de criação. E isso é fantástico, porque o cara que paga acaba pagando porque acredita naquilo. Faz parte daquilo. E um projeto muito grande que está estabelecido em Cataguases, cidade já com tradição cinematografica (é de lá nosso primeiro cineasta, Humberto Mauro). A Fábrica trabalha com pesquisa, produção e difusão de conteúdos audiovisuais. No projeto jovens são colaboradores remunerados, e produzem focados nas novas tecnologias. Já possui, inclusive, um canal no site para a transmissão desses conteúdos. Bom, um projeto muito bacana, bem estruturado que merece uma visitada no site...
=D
No geral o que se percebe nos projetos sociais é uma formação do olhar. Isso, pelo que eu acredito gera um sentimento de inclusão muito forte. A pessoa passa a ser parte de um grupo que se expressa. E a expressão é potencializadora. "Eu sou alguém. E sei expressar essa minha existência, minhas ideias, minhas crenças de alguma forma." . É um processo de cidadania pelo conhecimento, pela educação.
Bom, eu peço desculpas se me esqueci de alguma coisa, ou me confundi. Depois de uma semana não me lembro de tudo. Na verdade, eu peço àqueles que souberem mais que deixem seus complementos. Inclusive os proprios participantes da mesas ou dos respectivos projetos. Ou até outros.
Uma observação que acho bacana que seja feita foi a falta de debate nessa mesa redonda. Foi muito mais uma explanação dos projetos presentes do que um debate sobre novas possibilidades sobre a animação em projetos sociais. Dali, naquela noite poderiam ter saido animadores inspirados a modificar sua família, seu bairro, sua escola, através de pequenas oficinas, ou sessões de cinema. Então fica aqui a minha sugestão pra um futuro debate.

Agora sobre a competitiva, vai ser a hora também de fazer meu comercial! ae!
Já que eu era também uma competidora. Só que não dá pra competir com Terra, de Sávio Leite, que levou o prêmio de melhor animação mineira... ts ts ts... Bacana demais. Ainda mais com narração do Pereio. Ai é sacanagem! =D
Bom, eu procurei pelo filme na rede e não achei. Se alguém souber aonde tem manda o link pra nós. E parabéns Sávio.
Quem levou prêmio especial também foi Fernando Pinheiro por A Garota. Esse tem site e tudo. É só visitar.

Outros que passaram também foi Pipo Pipa, recorte muito bacaninha, Viagens de Papel, de Mauricio Gino, e dois de Cacinho (meu ex-amigo virtual, que é bem mais legal no msn... =D). E esses tão aqui pra vocês verem! Porque o resto eu não achei pra postar.
Viagem à lua.


E, Reciclando Idéias


E achei também, O Cuco, de Samira Deher


E pra fechar o post com chave de ouro, Vazio Agudo. Baseado no haikai de Paulo Leminsk.
Mas antes, só uma observação. O que passou na sessão era uma versão sem texto, e essa tem texto. Eu, particulamente, prefiro sem... Então, posto esse agora e num futuro próximo eu coloco o outro.
É isso.


Um abraçoso da Cris

ANIMARÁ NEWS - Retrospectiva - 16/09

Categorias:










Lá vamos nós pra terça!
Terça tivemos Sr. Otto Guerra e Luiza Favale da Glaz, produtora paulista, falando sobre produção e captação de recursos para longas-metragens.














(foto de Cláudia Lima)


Otto falou da sua experiência desde as produções da décadade 80 até a atual produção de seu estúdio, Otto produções. A questão "roteiros bem trabalhados" foi um ponto forte do bate-papo. Otto incusive contou de forma muito bem-humorada (como sempre...) a experiência em que levou o roteiro de Woodstock para ser avaliado por um grupo de especialistas.

Cena 1:
"- Esse roteiro não funciona. Ta faltando conflito...
-Porra! são dois velhos que não saem do sofá...
-Bom, 15' dessa piada até funciona, mas 80 não."

Cena2:
"-Qual a chance de vocês todos estarem errados e eu certo, e esse roteiro funcionar?
-(olhar atônito do roteirista hollywoodiano do qual otto é fã) você ta brincando, ne?"

=D

Depois disso, pararam a produção, que já estava rolando, e foram retrabalhar o roteiro. Todo o processo levou 2 anos.
Otto falou ainda sobre como os filmes (animados ou não) são tão pouco trabalhados na pré-produção, muitas vezes tendo seus roteiros produzidos em 2 meses (!!!). O que explica porque xuxa, mauricio de souza e didi produzem filmes tão fracos.
Bom, pra não monopolizar na fala de Otto, Luiza, produtora executiva da Glaz, falou sobre a captação para o longa em stopmotion (ae!) Minhocas e ainda sobre um futuro projeto, que já está sendo captado, baseado no curta Historietas Assombradas (para crianças malcriadas), de Vitor Hugo Borges. (links direto para o porta-curtas).
Luiza não é animadora, produtora só, por isso não tinha muita informação sobre a produção em si. Só que já estava rolando na Animaking. Visite o blog da produção.
Voltando aos projetos de Otto Guerra, que atualmente está produzindo em seus estúdio Fuga em Ré menor, que pelo que me parece será uma história baseada ou adaptada do universo de Tangos e Tragédias (du cralho!), onde dois sbornianos contam suas histórias e apresentam sucessos jogados nessa lixeira cultural que é a Sbornia. Muito, muito bem animado, pelo que vi no teaser, prova o que disse o gaúcho, de que seus diretores de animação estão pegando pesado na escolha do povo pra animar. O jeito é estudar minha gente... vamo lá! Animação é hora bunda!
=D



Pra fechar a noite, segunda parte da Competitiva Nacional. Abaixo alguns que estavam na mostra e que encontrei pela rede à fora.

A moça, de Adriana Mota, stopmotion


trailer de 7 kptais, um coletivo bacana


Uma história qualquer, de Henrique Barone


E mais dois pelo Porta Curtas:
Disputa entre o diabo e o padre pela posse do cênter-fór na festa do santo mendigo. (ufa!), de Francisco Tadeu
e
A pisadeira, de Ricardo Carneiro

É isso ai! Divirtam-se!
=D

ANIMARÁ NEWS - Retrospectiva - 15/09

Categorias:












Pessoas queridas! A coisa não funcionou como eu esperava.Ficou difícil de postar todos os dias por problemas técnicos. Por isso me desculpem pelo hiato na fala.
Bom, ainda há tempo. Vou fazer um resumo por dia e vamos articular de postar os videos feitos pelo Felipe em cada palestra. Dai eu só vou dar uma pincelada mesmo nos assuntos.
Então, vai ser assim, o de segunda passada eu posto hj, amanha, o de terça e assim por diante. Porque senão vai virar um post gigatesco que, possivelmente, dará preguiça de ler.
=D

Segunda - 15/09

A segunda teve como pontos altos a palestra de José Araripe e a primeira parte da competitiva nacional.

Araripe é diretor da TV Brasil, nova emissora estatal que surgiu da união da TVE e da Rádio Brás. A palestra sería sobre a criação da TV Brasil, assunto que pra nós, animadores e produtores, já sería bastante interessante, já que o canal prioriza a produção "animada" nacional, com programas exclusivos (Animania, Janela, janelinha) e com a proposta de futuros editais. Alguns até já aconteceram, como o edital para a pré-produção de séries do Min-C do ano passado, ainda sem resultados. (Foram 7 meses só pra abrir os envelopes...)
Como eu disse, sería. E foi.. mas foi um tanto além.
Bastante pragmático, José Araripe, que também é animador, frisou a necessidade de organização do animador brasileiro enquanto classe, falou dos interesses de se disputar mercado internacional e da produção de séries no mercado brasileiro.
Bom, em suma, a idéia do governo através da TV Brasil é potencializar a produção nacional, não somente de curtas-metragem, mas criar uma indústria mesmo (a longo prazo, claro), através de produção de séries e longas. Lindo demais!Como brasileira que não desiste nunca (!) eu tenho esperanças, mas... também tenho a triste certeza de que no Brasil intenção e ação são duas coisas diferentes, e nunca se sabe se o que se planeja pra um ano ou dois não sairá em 5 ou 10 anos... Então vamos ter que "ir indo"! Pé em Deus e fé na taba...
=D
A competitiva nacional teve sua primeira parte, que foi incrível de boa. Inclusive, é bom deixar claro que as sessões, todas elas, foram muito bacanas.
Pra vocês compreenderem a qualidade dessa sessão, os 3 premiados pelo juri na competitiva nacional sairam dela!
Os 3 porquinhos de Cláudio Roberto, uma adaptação moderna e carioca da fábula, levou melhor curta.
Rua das Tulipas, lindo de viver, de Alê Camargo, levou melhor roteiro.



E Calango Lengo, de Fernando Miller, ganhou o prêmio de melhor direção. A história de um calango que tenta sobreviver à seca no sertão, enquanto é perseguido pela morte. Cheio de gags, por isso meu favorito! ae! Mas infelizmente esse eu não achei pra mostrar pra vocês. Assim que tiver algo eu posto.

Além destes, pra mim, também destacou X-coração da Cartunaria Desenhos, de Porto Alegre. O fofinho A Lenda do Brilho da Lua, de Gabriela Dreher, que tava lá no festival conosco, também foi muito apreciado. Principalmente pela criançada.

É isso ai gente. Vamos ver se os videos ou pelo menos o podcast que o leo fez dessa palestra a gente coloca o mais rápido possível.

Um abraçoso da Cris

ANIMARÁ NEWS - 14/09 - Domingo

Categorias:










Olá pessoas. Como eu vou estar no Animará todos os dias, vou me esforçar pra deixar aqui um pouco do que aconteceu.

O domingo foi uma correria pras exposições, já que os meninos da Guerra do Vinil, os evangelistas Lucas, Tiago, Mateus e Pedro (emprestado enquanto João não vem...)ficaram montando toda a estrutura de cenarios e disposição dos personagens. E eu vou dizer, é incrivel de bom! O grau de detalhamento dos cenários, a contrução dos bonecos e o próprio conceito deles, torna essa exposição IMPERDÍVEL (gritado mesmo...). Isso pra quem produz ou não. Então vá. Só esta exposição já valerá a viagem.
Tá ai a primeira parte e site da série é www.guerradovinil.com.br



Eu também fiquei absorta montando outra exposição. Esta bem mais modesta, mas ainda sim interessante. Principalmente para as crianças e para o público que não sabe como é feita animação. Nessa exposição estão as técnicas 2d, 3d, stopmotion, recorte, brinquedos ópticos, e (ainda não confirmado) pixilation. Todas explicadas de forma visual, sempre com o mesmo personagem, na sua caminhada. Aqui eu preciso de abrir um parentesis para dizer que o stopmotion não seria possível ser tão bonitinho, não fosse Mariana Morais, que os modelou.
E também o pessoal da Casa de Quadrinho, em muito especial, Daniel Pinheiro, que deu os primeiros passos em 2d com o personagem. A partir desse ciclo todo o resto foi pautado.
Valeu pessoas lindas de viver.

Partindo um pouco para a paletra, ontem tivemos João Alegria, do Canal Futura, falando sobre Animação e Inclusão Social, Arte e Educação.

João é simpatissíssimo e muito consciênte, sobretudo como professor, da necessidade de se reformular a forma de se ensinar. E pra isso existem várias possibilidades que passam pela formação do olhar, pelo justo aproveitamento das mídias, não só animação, como objeto e/ou meio educador. Além de sua própria experiência e também dos presentes na função de educadores.
Eu particulamente aprendi muito lendo, assistindo, futucando. E acho que, como animadores e bonequeiros que somos temos sim uma responsabilidade enquanto exibidores. Podemos também educar ou deseducar.

Bom, acho que é minha obrigação então deixar aqui um canal de acesso aos escritos do João, que como ele se auto intitula "um contador de histórias". Textos, livros, além de sua tese de mestrado.
http://sites.google.com/site/sitiodojoaoalegria/

Claro que o dda que em mim habita não deixa eu me lembrar de tudo, mesmo eu tendo feito anotações (isso me dá idéias de fazer podcasts...), então, peço encarecidamente que, quem esteve lá e se lembrou de algo que eu não disso, complete a minha fala.
=D

Pra fechar o dia, a mostra competitiva internacional, que teve em sua maioria filmes espanhois (ou em espanhol). O que foi até bom, porque não tinha legendas (Imagina que você tenha 10 anos e lê na legenda "Voy a pescar um rato." ou "estoy embarazada" o que que vai entender...).
Mas indo para a qualidade dos filmes, tenho que concordar que eram bons e variados em técnicas. Não me lembro bem dos nomes, então vou procurar saber e até tentar acha-los na rede. De repente eu posso postá-los aqui ainda.
É isso gente.

Um abraço da animadeira

ps.: haverá mudanças no quadro de palestras e mesas redondas. Hoje teremos a do José Araripe da TV Brasil. A mesa redonda que seria hoje, sobre séries, com o pessoal da Batalha: Guerra do Vinil e o Andrés Lieban, será na sexta junto de Quiá Rodrigues do Animania. Essa vai ser boa pra dedeus!

Um claymation sinistro dos anos 80! yeah

Categorias: , , , , ,
Um dia desses navegando pelo youtube me deparei com trechos de um longa em claymation (vulgo stop motion de massinha =P), feito nos anos 80, parece que exatamente em 85, que tem a história baseada no escritor americano Mark Twain.
Até ai, tirando a produção toda super bem feita, não tem nada demais... mas o que me chamou a atenção foi o tom meio sinistro, meio fantástico de partes da animação, que lembrou um pouco outros filmes dos anos 80 como "História sem Fim" e "Fantástica Fabrica de Chocolate", não sei exatamente por que...
Só sei que se tivesse assistido este filme quando criança tenho certeza que me lembraria =P

O roteiro juntou Mark Twain com seus personagens mais famosos, indo num balão intergaláctico em rota de colisão com o cometa Haley em quanto tentam convencer o escritor a desistir da idéia e perder seu desgosto pela humanidade. Em no meio disso tudo os personagens ainda são colocados dentro de contos menos conhecidos do autor, que incluem sátiras e questões polêmicas envolvendo a humanidade e também a religião. Com esse tom as vezes sinistro, às vezes polêmico não é lá mesmo muito recomendado para crianças mais novas =P

A produção é ótima, personagens são bacanas, com muitos detalhes, muita expressão facial e não só os personagens como um trabalho fantástico na animação dos cenários e efeitos. Um detalhe interessante é como eles solucionaram a movimentação dos personagens com cortes e planos que tornaram desnecessárias as pernas nas caminhadas. Foi uma solução de produção esperta de contornar a limitação dos personagens que não podem levantar o pé para caminhar, coisa se só fui me dar conta já no meio do filme, em uma das poucas cenas que um personagem faz um movimento mais amplo de corpo inteiro.

Bom, acho que falei demais né?
Agora links do youtube =)
Mas com um problema... inglês e sem legenda (aaaah =P)

Aqui tem o filme todo, picado em pedacinhos de 10 minutos



Um trecho, uma versão bem humorada de Adão e Eva
http://br.youtube.com/watch?v=NMIzhxcXnxA

E essa é a parte mais sinistra de todas, tão sinistra que acabei curioso tentando descobrir de onde veio e encontrei o filme...



Oh! Não me responsabilizo pelos eventuais pesadelos =P
abraços, inté pessoal

OBS: Faltou falar quem é o diretor né? O nome dele é Will Vinton e é um dos pioneiros da animação em claymation, pra saber mais sobre ele
Will Vinton na Wikipedia
http://willvinton.net/ (o site tem um monte de concepts do filme, muito legal!)

Stop motion na terra dos Czares

Categorias: , , ,
Olha eu de volta! =)
A Europa oriental é a origem de vários dos maiores animadores em stop-motion que o mundo já viu, tão bons, tão importantes e com tantas consoantes no nome que cada um mereceria um post só pra ele =P

Vadim Kurchevsky é uma animador russo que produziu ótimas animações, no geral com temas sérios e poéticos sendo assim voltada para um público mais adulto. Visualmente os curtas tem uma beleza mais "fofinha", influência do que aprendeu quando trabalhava na direção de arte para um estúdio russo de animação infantil.

O primeiro curta que vi dele, e também dos primeiros dirigidos por ele é o "My Green Crocodile". É uma pena que a qualidade dos vídeos seja tão ruim no youtube, porque além do roteiro poético o que chama atenção mesmo é o conceito dos personagens, com formas simplificadas e os acabamentos com tecidos que são fantásticos =)


Legal demais né? Quem quiser ver em qualidade um pouquinho melhor pode tentar este link:
http://www.spike.com/video/my-green-crocodile/2831813

E aqui mais outro dos curtas dele, este sem legenda... mas os personagens são tão expressivos que quase dá pra entender a história =)


Bom, é isso...
O próximo post de stop motion vai ser siniiistro!
Quase tanto quanto a super produção "O GATO PRETO" =)
Aguardem!

O GATO PRETO

Categorias: , , ,
Enfim, terminamos a animação O Gato Preto!
Apesar de ter sido um produto de uma oficina relativamente curta, eu vejo como resultado, um trabalho muito bem feito. E isso é reflexo claro do comprometimento dos envolvidos. Felipe, Janine, Rodrigo e Léa, muito obrigada pelo empenho. Eu tenho muito orgulho do que nós conseguimos.
ae!
Divirtam-se!

TRANSIT

Categorias:
Post rápido!
O filme que falei no post do Michael Didot de Wit.
Esse é um tipo de trabalho que muito me agrada. É um trabalho de equipe, mas não só uma, 6! No mundo todo. Cada uma fez uma parte da historia. E cada um conferiu sua visão e seu traço àquela parte a que lhe cabia.
O mais bacana disso é que o filme trata da memória então é muito pertinente que a cada momento a história pareça ter uma luz, um vizual diferente. E a passagem de cena pra isso não virar bagunça é uma solução simples, uma mala que contem carimbos de viagem de todas as partes por onde este, e por onde acontece a história.
É isso ai!
Divirtam-se!

Alice Comedies

Categorias:
Como minha amiga Alice vai pras terras d'além mar, resolvi postar esses curtas, como uma despedida com estilo!
=D
Alice Comedies é uma série animada criada por Walt Disney na década de 20. Essa série é de uma importância impar, como experiência de Disney, para as futuras criações. E é muito ousada, se pensarmos na época. A série traz as aventuras de uma garotinha, Alice, em live-action, que interage com os personagens animados, principalmente um gato chamado Julius.
Assistindo aos episódios é possivel perceber já, o esboço de alguns personagens que seriam criados por Disney, como o próprio Mickey.
Agora imagina! Você! Criança na década de 20, vendo todas as possibilidades que menina tinha no mundo animado?! Incrível isso!
Eu vou deixar aqui dois episódios, um de 1925, Alice Solves the Pluzze (Alice resolve o quebra-cabeça) e um de 1927, Alice the whaler (Alice a marinheira), mas se quiserem ver outros existem vários postados no youtube.
Ae! Divirtam-se!
E pra minha amiga "Alice the Designer', um beijo no coraçãozinho.




O holandês animador!

Categorias: , ,
Michael Dudok de Wit é animador, ilustrador e diretor. E seus trabalhos são bem caracteristicos.
Todos feitos em tinta e aquarela, o holandês animador, consegue inpirar poesia pura nos planos.
As cenas contêm apenas o necesário, e os personagens são muito expressivos.
O primeiro trabalho animado dele foi Tom Sweep, em 1992.
Depois ganhou vários prêmios com O Monge e o Peixe, de 1994. Que foi indicado ao oscar e ganhou muitos outros prêmios. Mas, seu trabalho mais conhecido é Pai e Filha (lindo de viver!). Esse rapou Academy Award, BAFTA e, é claro, Annecy. Além de muitos muitos muitos outros.
Mas não se engane! Ele não fez só isso... Participou de Fantasia 2000 e Transit (esse curta eu vou postar logo logo. É ótimo!). E não me esquecerei dos trabalhos de publicidade... ufa!
O moço trabalha muito e muito bem. Então divirta-se com Tom Sweep, O monge e o peixe, e, o meu predileto, Pai e Filha.







Boa semana pra todos.

"O Gato Preto" teste bacana pra dedeus!

Categorias:
Não resisti e resolvi postar um teste com todos os detalhes possíveis, pro filme da oficina da Escola Animada, ficar com cara de filme mudo.
O teste ficou muito bacana!
E já tem metade do filme filmado e editado (mas eu só postei o iniciozinho).
No entando a outra metade não foi nem filmada ainda. Aliás, tem coisa pra produzir ainda. Mas vai dar tempo. E vai arrasar! Parabéns pra nós, turma!
ae!

Enjoy.


L'amie de Zoe

Categorias:

















Linda demais essa animação. Faz dias que eu to pra posta-la.
Baseada num livro infantil, de mesmo nome, do ilustrador Matthieu Roussel, a história dessa linda animação é sobre amizade. Zoe vive num mundo verde (onde tudo tudo tudo é verde).
Dai um dia, esse planeta verde é visitado por uma família do planeta vermelho. E eles vieram pra ficar. Dai nasce uma amizade em cores complementares!
O mais legal, além do conceito, é a movimentação das coisas nesse planeta. É como se tudo estivesse entrando em cena. Como um livro pop-up ou teatro de recorte.
É isso ai!

Assista AQUI!

E divirta-se!

Dica do superlegal no fat clips!

REVISTA ILUSTRAR

Categorias:























Talvez a maior parte das pessoas ja conheça, mas pra quem não conhece ta perdendo uma grandessíssima boazissima publicação.
A revista ilustrar é lançada virtualmente a cada 2 ou 3 meses, e traz a nata dos ilutradores no planeta( PLA - NE -TA!).
É isso mesmo... tem ótimas entrevistas com os melhores ilustradores, daqui e lá de fora. É uma refêrencia indispensável pra quem produz animação, design, bonecos, ou simplesmente pra quem ilustra.
Essa última ta cheia de referências japonesas de um ilustrador paulistano fenomenal, Kako.
Bom, baixa lá.
AQUI a 6ª edição.
E todas as outras através do site www.revistailustrar.com/download.html

Aproveitem!

ESCOLA ANIMADA

Categorias: , , , ,
Eu estou dando uma oficina na cidade de Contagem (grande BH). Leo tá lá me ajudando, também.
A turma é das mais bacaninhas de todas. De um turmão, ficaram 5 pessoas, mas pessoas que ralam.
Bom, a gente tem que produzir um curta com esse povo e dai escolheu-se o Gato Preto (Edgar Allan Poe) como texto a ser produzido. E a técnica é recorte.
O mais legal desse projeto, vai ser, sem dúvida, o conceito. O conceito remete aos filmes mudos da décade de 1920. Principalmente, expressionismo alemão. Portanto, o filme terá um trilha como áudio base, e obviamente, terá quadros de texto.
Como relato da experiência eu digo que essa foi a decisão mais acertada. Isso porque o visual do filme mudo, as imperfeições e debilidades técnicas da época acabam contribuindo para a falta de estrutura da produção e pouca experiência da turma.
A gente tem que entregar esse curta pra mostra da escola animada no Animará, ou seja, temos apenas mais uma semana e meia pra terminar. E ainda faltam 4 cenas e alguns ajustes. O negócio vai apertar...
=D
Mas vai dar tempo. Tenho certeza.
E pra dar um gostinho do filme, eu posto aki um frame. A imagem foi convertida em p&b e "sujada" um pouco.





















Assim que estiver pronto eu posto aqui para a vossa apreciação.
Um ósculo e um amplexo pra vcs!
=D

Animarei no ANIMARÁ! Lá lá lalá!

Categorias:



Gente! O ANIMARÁ já ta ai, pertinho.
E vai acontecer muita coisa bacana como as mesas redondas e palestras . A discussão vai rolar em torno de questões do mercado, e teremos gente importante, gente que está fazendo e acontencendo, comoAndrés Lieban (Aquarela, Amigãozão, Sodasexo e tantas coisas mais), Rafael Terpins (Guerra do vinil, que inclusive vai ter sua própria exposição no festival, mostrando peças da produção, conceitos, storyboard), Quiá Rodrigues (produtor do animania), o Otto Guerra, a produtora Glaz... muita coisa gente.
Vai ser do balacubaco!
ae!
E tem mais, a produção do festival esta convidando 50 pessoas pra ficar em Sabará com estadia e alimentação por conta. É só trazer seu saco de dormir.
=D
Os interessados, procurem pela Luciene nos numeros:
31) 3674-1777 ou 8442-3770

maiores informações no site também: www.animara.com.br

Waldo

Categorias:


















E fofinho até uma certa parte.
=D
Eu gosto do conceito com carinha de 50's e das transições de cena.
É muito importante deixar claro que essa é uma animação adulta! Então, tire as crianças da sala!

Pra assistir clique AQUI!

MILKMAN

Categorias:
Eu cheguei a conclusão de que o carinha que entrega leite é um personagem urbano com muitas possibilidades. Fazendo uma pesquisinha rápida pra encontrar esse video que eu quero postar, eu acabei por encontrar um outro que é baseado num conto do Stephen King.

Então, como um milkman que esquarteja suas vitimas e põe nas garrafas de leite, vamos por partes.
=D

O primeiro video é dinamarquês e tem um conceito muito bacana! É um stopmotion todo em papel branco e caneta hidrocor (pelo menos é o que parece). O ritmo é bacana, a edição é boa e o efeito visual fica bem original.



O outro, acho que vale a pena mostrar tambem, é um 3d. E conta a história de um milman um tanto quanto psicótico (gosto dessa palavra... psicótico...). E é esse o baseado em Stephen King.
O filme tem uma fotografia muito bonita, mas o 3d de humanos pepina um pouco.



É isso ai.
Boa semana pra nós.

Cristiane Fariah

Al Dent

Categorias:
























E se você fosse uma menininha de rua, faminta, na cozinha de ogro com ares de chef italiano?
Pois essa é a história desse projeto de graduação de Jean-François Barthelemy, Maël François et Carlos Felipe Leon Ortiz, estudantes da escola Supinfocom, da França. Este último esta trabalhando na pré-produção do longa "A Monster in Paris", que vai ter direção de Bibo Bergeron.
Bom, em Al Dent os conceitos são lindos de viver. Os carinhas postaram seus estudos de conceito de personagens e estudos de cor no site do filme. Mas existe tamém um making of bacaninha... que você pode assistir aqui.
A história tem, às vezes, um arzinho Disneylandiano, e muitas vezes o visual cai em Fantasia. O que não deixa de ser uma boa referência. O filme é fofo e tem umas soluções bem bacanas, mas ainda falta uma coisinha, sabe?
Bom, mas essa é a opinião desta que vos escreve. Tire suas proprias conclusões assistindo ao filme.

Al Dente

Divirtam-se!

Ela que Mede

Categorias: , , , ,

Ela que mede é uma produção croata que ganhou só dois premios em Annecy 2008. E é atração no festival de curtas de São Paulo.
A animação 3d tem ares pós-apocalípticos (e não tem jeito de não pensar em Matrix, quando um grupo é drenado em umas engenhocas). Num ambiente árido que parece dar em lugar nenhum, um grupo de pessoas segue com seus carrinhos de compras, hipnotizados por uma ”máscara-tv”. Enquanto seguem pelo caminho da vida, apenas vão catando os produtos que lhe são jogados pelo chão. E fazem isso completamente absortos pela publicidade. Familiar né? Pois fica pior... Quem os guia é nada mais nada menos que um palhaço. Ele, de forma um tanto “átipica” (pra ficar claro, esses produtos são todos uma merda...) vai deixando esses produtos pelo chão. E ele, o palhaço, nada mais é que representação de todas as imundices do mundo.
O filme é cheio de simbolismos e metáforas. E traz um conceito estético que contrasta a solidez do palhaço com a fragilidade e quase transparência dos seres humanos.
Seres humanos que caminham até o fim da vida levando carrinhos cada vez mais cheios. Mas não todos. Alguém consegue fugir desse ciclo vicioso e simplesmente vive.
Enfim,uma críticazinha danada à sociedade de consumo.


Tá curioso? Não vai a SP? Então vou quebrar seu galho... Assista ao filme aqui.
=D

Um abraçoso.
Cristiane Fariah

Paper toy do castelo animado

Categorias: , , ,
O castelo animado foi o último lançamento de Mr. Miyazaki, e é muito bacana. Pra quem não viu ainda (que vergonha pra vc...) ta ai uma parte.



Quem quiser, e tiver tempo pode assistir às outras 11 partes tambem no youtube.
Eu, particulamente, recomendo assistir em qualidade melhor, porque visualmente o filme é muito bonito, e a telícula não faz juz a essa beleza.
Só pra retificar, o castelo é um amontoado mágico de partes, ele se movimenta como uma engenhoca desengonçada.
E é claro que por isso, esse é um dos toys mais bacanas e mais complexos que eu tenho nos meus arquivos. Ainda não o montei (q vergonha pra mim...), mas o carinha do paperkraft.blogspot.com, sim!
Então vou usar a experiência dele pra exemplificar aqui. Segundo ele, o toy é mesmo muito detalhado (ele tem até as roupinhas penduradas no varal) e tem partes móveis. Uhuuu!
Bom... pros fãs de toy, fãs de animes, fãs de miyzaki ou simplesmente fãs d animação, faça aki o download 0800!
Paper toy castelo animado

instruções em inglês para montar


flickr do carinha do paperkraft pra vocês verem o resultado.


ae!
Mãos a obra.

Sejam benvindos bonecos!

Era um blog de todo mundo... ninguém escreveu. Agora parece que é só meu. =D Animação em todas as suas vertentes dentro do meu possível...

Flickr - Fotos da oficina


Patrocínio